Sunday, February 21, 2010

quaresma I


Jesus e o diabo no deserto, por Ary Scheffer

«Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto [...], onde era tentado pelo diabo»
(Santo Ambrósio)

Recordemos que o primeiro Adão foi expulso do paraíso para o deserto, para que a nossa atenção se concentre na maneira como o segundo Adão (1Cor 15, 45) regressa do deserto ao paraíso. Vede, com efeito, como a primeira condenação é desenredada, depois de ter sido enredada, como são restabelecidos os benefícios divinos sobre os vestígios dos benefícios antigos. Adão vem de uma terra virgem, Cristo vem da Virgem; aquele foi feito à imagem de Deus, Este é a imagem de Deus (Col 1, 15); aquele foi colocado acima de todos os animais irracionais, Este acima de todos os seres vivos. Por uma mulher veio a insensatez, por uma virgem a sabedoria; a morte veio de uma árvore, a vida pela cruz. Um, despido das vestes espirituais, concebeu para si uma veste de folhas de árvore; o Outro, despido da veste deste mundo, deixou de desejar uma veste material (Jo 19, 23).Adão foi expulso do deserto, Cristo vem do deserto; porque Ele sabia onde se encontrava o condenado que queria reconduzir ao paraíso, já liberto do seu pecado. [...] Aquele que tinha perdido a rota que seguia no paraíso não era capaz de reencontrar a rota perdida no deserto, sem ter quem o guiasse. As tentações são numerosas, o esforço com vista à virtude é difícil, é fácil dar passos em falso e cair no erro. [...] Sigamos pois a Cristo, conforme está escrito: «É ao Senhor vosso Deus que deveis temer e seguir» (Dt 13, 5). [...] Sigamos, pois, os Seus passos, e poderemos passar do deserto ao paraíso.

Santo Ambrósio (c. 340-397), Bispo de Milão e Doutor da Igreja

Comentário sobre o Evangelho de Lucas, IV, 7-12

Tuesday, February 09, 2010

coração vigilante


São Tomás, que declarastes após o encontro pessoal com Nosso Irmão e Mestre Jesus Cristo, que tudo o que especulara antes (speculum: espelho, narcisismo) não passava de palha pra se jogar no fogo. São Tomás, espírito poderoso de uma Igreja que é Corpo Místico do Senhor e Povo de Deus que se estende por igual, exigindo por igual, do Papa ao mais humilde servidor, de Casoy ao gari humilhado. São Tomás, "aurora consurgens" (título de tratado alquímico "clandestino" que teria sido escrito por ti, em sigilo). Áurea Hora de um Tempo Novo para obras e graça na senda da salvação.
-Unzuhause-


«Este povo honra-Me com os lábios, mas o seu coração está longe de Mim»

Que eu não deseje nada fora de Ti. [...] Concede-me frequentemente que eleve o meu coração até Ti e, quando fraquejar, que me arrependa da minha falta com pesar, com o firme propósito de me corrigir. Concede-me, Senhor Deus, um coração vigilante que nenhum pensamento estranho afaste para longe de Ti; um coração nobre que nenhuma afeição indigna abata; um coração recto que nenhuma intenção equivoca desvie; um coração firme que nenhuma adversidade quebre; um coração livre que nenhuma paixão violenta domine.Confere-me, Senhor meu Deus, uma inteligência que Te conheça, um ardor que Te procure, uma sabedoria que Te encontre, uma vida que Te agrade, uma perseverança que Te espere com confiança e uma confiança que por fim Te possua. Confere-me pela penitência ser atribulado com aquilo que Tu suportaste, usar no caminho da Tua protecção pela graça, gozar das Tuas alegrias, sobretudo na pátria pela glória. Ó Tu que, sendo Deus, vives e reinas por todos os séculos. Ámen.



São Tomás de Aquino (1225-1274), teólogo dominicano, Doutor da Igreja

Wednesday, February 03, 2010

(en)canto do arcaico


"Mesmo que o mundo mude velozmente
como nuvens num mosaico,
tudo o que é perfeito tende
de volta ao arcaico.
**
Sobre a mudança e o andar
ampla e livre, inda perdura,
tua voz que brilha no ar,
ó Deus da lira pura!
**
Nem a dor aqui se encerra,
nem do amor sabemos a sorte;
nem o temor do exílio da morte,
**
nada disso será desvendado.
Somente o canto na terra
será santo e celebrado.
********
RAINER MARIA RILKE
Os Sonetos a Orfeu

Monday, February 01, 2010

chora porco imundo!


FELIPE, MONSTRUOSAMENTE, ESPETACULARMENTE, ESPLENDOROSAMENTE, MARAVILHOSAMENTE HERÓI DO TIMÃO ONTEM NO PACAEMBU (UM A ZERO NA PORCADA, GOLAÇO DE CABEÇA DO PEQUENINO TAMBÉM GIGANTE JORGE HENRIQUE)